• HISTORIA DA FAMÍLIA VALADÃO NO REDOMÃO NA LAGOA



    Há aproximadamente onze anos atrás, dois amigos ouviram falar no Programa Cavalos Crioulos, sobre um remate seguido de uma prova que aconteceria primeiramente em Bagé e, consequentemente, em Aceguá, na Estância da Lagoa e resolveram dar uma chegada neste remate, em função de tentar comprar um potro de parceria para correrem o tal redomão já bastante divulgado. Esses dois caras eram o Nilo Valadão e o Diego Hins.

    E neste tempo, as "vacas eram magras" e o dinheiro muito escasso, mas lá se foram eles, levando junto a Catia, o Nathan e o Rian. Totalmente sem conhecimento de todo este acontecimento, descobriram após a compra que, só poderiam levar o potro na manhã seguinte, depois da revisada coletiva, na qual o potro era encilhado e montado na frente de todos os participantes.
    E agora?? Como seria para dormir naquela noite?? Hotel?? Quem tinha dinheiro para pagar?? Bueno, esses dois amigos nunca se apertaram e resolveram dormir os cinco na Parati do Diego!

    Que noite!! Mas o mais importante para todos nós é que sairíamos de Bagé com os potros, já que viriam dois aqui para o CDT Valadão. Retornamos a casa e começamos a doma e vimos que a genética era bem boa e que tínhamos chance de conseguir correr boas provas, se cuidássemos bem do nosso trabalho. E chegou o tal dia tão esperado e lá fomos nós na Toyota do pai do Diego (detalhe, nós não tínhamos carro), sem nenhuma noção da localização da estância e da proporção da festa.

    Mais uma vez dormimos "amontoados", nos alimentando de mortadela, bolachas e refrigerante, mas nosso interesse era a prova, o resto não fazia importância para nós... E para nossa grata surpresa, já nesta primeira vez ficamos entre os premiados, em décimo lugar com o Pirai 1637 do Sigilo! (Grande cavalo que continua pai de cabanha até hoje) Quanta felicidade!! E a certeza de procurar voltar no ano seguinte!

    E, o que parecia ser apenas mais uma prova em nossa pequena agenda, foi se tornando uma data significativa e impossível de ficar fora de nosso calendário! No segundo ano do Redomão, os guris já estavam domando petiços e pôneis e o Nilo "se assanhando" para que eles começassem suas carreiras de ginetes, porém, aqui na nossa cidade não permitiam que crianças participassem devido a pouca idade e, então o Nilo conversou com o Marcelo Moglia e para nossa imensa alegria, ele permitiu que nossos filhos estreassem na pista do Redomão! E os nossos pequenos ginetes se apresentaram bem faceiros na Lagoa!! E o Nilo ficou em sétimo lugar com o Pirai 1650 do Candidato, cavalo maravilhoso que corre até hoje, agora na Provas jovens e do Proprietário.

    E o amigo e parceiro Diego sempre junto, buscando novas parcerias para comprar no Redomão, tentando trazer um potro para cada ginete nosso correr. E então chegaram mais amigos, os quais nos ajudaram e seguem ajudando nesta caminhada. A Érida e o Jair, o seu Élcio e o seu César, o tio Duda, o Pedro e, alguns alunos que também correram por lá, como o Kristofer, a Thais e a Thainá.

    E os anos foram passando e as premiações chegando:
    Terceiro ano: Sétimo lugar com Arco Cala Bassa e Nilo Valadão.
    Quinto ano: Quinto lugar com Maria Bassa Colombina e Nilo valadão
    Sexto ano: Sétimo lugar com Firmeza 1903 e Rian Valadão.
    Sétimo ano: Quinto lugar com Maria Bassa Estréia e Nilo Valadão.
    Oitavo ano: Primeiro lugar nos machos e quarto lugar no geral com Gastador Cala Bassa e Rian Valadão.

    Décimo ano: Sétimo lugar com Hortelã Cala Bassa e Rian Valadão.
    Mas todos nós sonhávamos com o prêmio máximo... E eis que neste último remate, em meio a todo aquele tumulto costumeiro, surge a Maria Bassa Inspetora, a nossa querida e amada pretinha!! Brava, metida, furiosa e boa, muito boa!!! E agora? Como seguir domando essa potra tão buena sem "estragar"? Essa foi a nossa maior conquista coletiva realmente! Todos cuidavam de cada detalhe para que a pretinha não se "perdesse" do caminho e para que o Nathan, apesar da pouca idade, fosse muito "adulto", firme, dedicado e responsável em saber conduzir ela da melhor maneira possível, tentando ficar entre os premiados pelo menos. O Nilo se "mudou" para a pista e nunca deixou a dupla sozinha!! Esteve ao lado deles sempre!

    Saímos de casa sonhando em ficar entre os três mais pontuados do redomão, mas sabíamos que não seria fácil, pois como sempre, a prova estava forte e os competidores, afiados. E mais a situação complicada de tanta chuva... E a pista não ser a da Lagoa...

    Mas como nada é por acaso e o nosso tempo não é o mesmo de nosso Pai Maior, eis que a dupla Nathan e Pretinha ajudam a realizar o sonho de todos: Sagram - se Campeões do Redomão na Lagoa 2019!!

    E depois de tanta ansiedade, euforia, emoção e felicidade, conseguimos mensurar a proporção desta vitória para nossa imensa família, a qual é formada pelos familiares, pelos clientes, pelos parceiros, pelos cabanheiros, pelos veterinários, pelos ferrageadores, pelos patrocinadores,... Família esta que vibra, chora, ora, grita, consola, mesmo que a distância na maioria das vezes...
    Por isso gostaríamos de deixar sempre registrada a nossa eterna gratidão e amizade e o nosso carinho e respeito por todas essas pessoas, com um agradecimento especial à família Moglia, que sempre nos recebeu de portas abertas e nos proporcionou momentos de tanto aprendizado, visto que tivemos sempre a oportunidade de correr com ginetes renomados, os quais nos ensinaram e ensinam muito!

    Todos que "zelam" por nós, moram em nossos corações!
    Muito obrigada e seguimos!! Juntos, somos fortes!!