• O OLHAR DO OSWALDO PONS



    Como bem decifrou o meu amigo Tita , é um evento único , onde nós amantes do cavalo , saciamos a sede da Alma ... naquela simbiose da renovação de domadores , potros e portanto a avaliação anual dos dos acasalamentos feitos pelo Marcelo!

    Mas é muito mais , pois as margens do Rio Negro , fazemos novas amizades, trocamos charlas , sem pressa ... no compasso do ronco de um mate gordo e Amargo!

    Ali , através da música , da poesia e cantorias , desenrodilhamos alguma tristeza rio abaixo , lavando nossas almas crioulas...